My Books

My Books

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

The Young Elites/ Jovens de Elite (Review/ Resenha)

"I hereby pledge to serve the Dagger Society, to strike fear into the hearts of those who rule Kenettra, to take by death what belongs to us, and to make the power of our Elites known to every man, woman, and child. Should I break my vow, let the dagger take from me what I took from the dagger. ▬ Eu, por este meio, juro servir a Sociedade da Adaga, espalhando medo nos corações daqueles que governam Kenettra, de tomar mesmo perante a morte o que nos pertence, e fazer com que o poder das nossas Elites seja conhecido por cada homem, mulher e criança. Se eu quebrar meu juramento, deixe com que a adaga tire de mim o que eu tirei da adaga."


Title/Título: The Young Elites/ Jovens de Elite
Author/ Authora: Marie Lu
Publisher/ Editora: Putnam/ Rocco
Year/ Ano: 2014
Hardcover/ Capa Dura: 368 pages/páginas
Language/ Idioma: English/ Inglês


Sinopse

EN: Adelina Amouteru is a survivor of the blood feverA decade ago, the deadly illness swept through her nation. Most of the infected perished, while many of the children who survived were left with strange markings. Adelina's black hair turned silver, her lashes went pale, and now she has only a jagged scar where her left eye once was. Her cruel father believes she is a malfetto, an abomination, ruining their family's good name and standing in the way of their fortune. But some of the fever survivors are rumored to possess more than just scars ▬ they are believed to have mysterious and powerful gifts, and though their identities remain secret, they have come to be called the Young Elites.

Teren Santoro works for the king. As Leader of the Inquisition Axis, it is his job to seek out the Young Elites, to destroy them before they destroy the nation. He believes the Young Elites to be dangerous and vengeful, but it's Teren who may possess the darkest secret of all.

Enzo Valenciano is a member of the Dagger Society. This secret sect of Young Elites seeks out others like them before the Inquisition Axis can. But when the Daggers find Adelina, they discover someone with powers like they've never seen.

Adelina wants to believe Enzo is on her side and that Teren is the true enemy. However, the lives of these three will collide in unexpected ways, as each fights a very different and personal battle. But of one thing they are all certain: Adelina has abilities that don't belong in this world. A vengeful blackness in her heart. And a desire to destroy all who dare to cross her.


"I am tired of being used, hurt, and cast aside. It is my turn to use. My turn to hurt."


PT: Adelina Amouteru é uma sobrevivente da febre do sangue. Uma década atrás, a doença mortal se alastrou pela nação. A maioria dos infectados morreram, enquanto muitas das crianças que sobreviveram ficaram com estranhas marcas. O cabelo preto de Adelina se tornou prateado, os cílios dela ficaram brancos, e agora ela tem apenas uma cicatriz onde deveria estar o olho esquerdo dela. O pai cruel dela acredita que ela seja uma malfetto, uma abominação, arruinando o bom nome da família e impedindo-a de prosperar. Mas acredita-se que alguns dos sobreviventes da febre têm mais do que cicatrizes ▬ acredita-se que eles têm habilidades misteriosas e poderosas, e apesar de suas identidades permanecerem secretas, eles são chamados de Jovens de Elite.


Teren Santoro trabalha para o rei. Como o líder da Inquisição Axis, é o trabalho dele prender os Jovens de Elite, para destruí-los antes que eles destruam a nação. Ele acredita que os Jovens de Elite são perigosos e vingativos, mas é Teren quem talvez possua o segredo mais sombrio de todos.

Enzo Valenciano é um membro da Sociedade da Adaga. Este grupo secreto dos Jovens de Elite procura por outros como eles antes que a Inquisição Axis os achem. Mas quando os Adagas encontram Adelina, eles descobrem alguém com poderes como eles nunca viram antes.

Adelina quer acreditar que Enzo está do lado dela e que Teren é o verdadeiro inimigo. No entanto, as vidas desses três irão colidir de maneiras inesperadas, enquanto cada um deles lutam uma batalha muito diferente e pessoal. Mas de uma coisas todos eles estão certos: Adelina tem habilidades que não pertencem a este mundo. Uma vingança sombria reside no coração dela. E o desejo de destruir todos que se atrevam a cruzar o seu caminho.


"Eu estou cansada de ser usada, ferida e colocada de lado. É a minha vez de usar. É a minha vez de ferir."

Review/ Resenha

ENI picked up this book after I finished reading Champions. I love Marie Lu's books.
The history begins in Adelina's house ▬ which she shares with only her father and younger sister since her mother's death▬, where her awful father is unsuccessfully trying to find her a husband. No man will ever marry someone like her. Adelina was affected by the blood fever and her features has changed drastically since then: her black hair turned silver, her lashes went pale and she lost her left eye, leaving only a scra on the spot. People like her, who survived the blood fever and were left with strange markings are casted aside by society and even their families. They are treated with suspicion, fear and hate. But some of them have powers.

Adelina decides to run away to escape her father but is captured by the leader of the Inquisition Axis, Teren.
She will be saved by the Daggers and for the first time, accepted for who she is. She will find that there are others like her and that she doesn't need to fear her powers, but to embrace and learn hot to control them.
The Daggers will give her an amount of time for her to learn how to master and improve her abilities to the fullest, so she can really be accepted as one of them, and join them to take the crown from the king's daughter (a princess who hates malfettos), and restore it to the rightful heir of the throne.
Things start to going wrong when Adelina is discovered with the Daggers and gets blackmailed: she has to choose between remain loyal to her new friends and their cause or to save her sister's life. But Adelina's is not immune to mistakes, and they will be her downfall.

Adelina is not the typical heroin. She is a mix of insecurities, mistakes and darkness. And the darkness inside her heart is one of the biggest problems of them all, as well as her vengeful personality.
It was thrilling how this book ended. I wasn't expecting that AT ALL. I couldn't believe how stupid Adelina was on that final fight. WTH is wrong with you, girl? Seriously! I cursed, I cried... I refused myself to believe what she had done. I had to read that part about three times before I could understand and accept it. I get angry everytime I think about it.
This is the thing about illusions: you may get caught up in them, in your own traps and do the unthinkable. And in this case, UNFORGIVABLE!
Friends will become enemies, and Adelina will have to find on her own way to get her justice and or revenge.

Have you guys read The Young Elites yet? What do you think about it? 



PT: Eu peguei esse livro depois que eu terminei de ler Champions. Eu amo os livros da Marie Lu.
A história começa na casa da Adelina ▬ a qual ela compartilha apenas com seu pai e irmã mais nova desde a morte de sua mãe▬, onde o terrível pai dela está tentando encontrar um marido para ela, mas sem sucesso. Nenhum homem jamais se casaria com alguém como ela. Adelina foi afetada pela febre do sangue e sua aparência mudou drasticamente desde então: os cabelos pretos dela se tornam prateados, seus cílios se tornaram brancos e ela perdeu o olho esquerdo, deixando apenas uma cicatriz no lugar. Pessoas como ela, que sobreviveram a febre do sangue e acabaram com estranhas marcas/ cicatrizes são deixadas de lado pela sociedade e até pelas suas famílias. Elas são tratadas com suspeita, medo e ódio. Mas algumas delas têm poderes.

Adelina decide fugir para escapar de seu pai mas é capturada pelo líder da Inquisição Axis, Teren.
Ela é salva pelos Adagas e, pela primeira vez, é aceita pelo que ela é. Ela descobrirá que há outros como ela e que ela não precisa temer seus poderes, mas aceitá-los e aprender como controlá-los.
Os Adagas vão dar a ela um período de tempo para que ela possa controlar e melhorar as habilidades dela completamente, para que a mesma possa finalmente ser aceita como um deles, e ajudá-los a tomar a coroa da filha do rei (uma princesa que odeia os malfettos), e devolvê-la para o legítimo herdeiro do trono.
As coisas começam a dar errado quando Adelina é descoberta com os Adagas e ela é chantageada: ela tem que escolher entre permanecer fiel aos novos amigos dela e à causa ou salvar a vida de sua irmã. Mas Adelina não é imune a erros, e eles serão sua perdição.

Adelina não é típica heroína. Ela é uma mistura de insegurança, erros e trevas. E a escuridão em seu coração é um dos maiores problemas de todos, assim como sua personalidade vingativa.
Foi emocionante como esse livro terminou. Eu não estava esperando aquilo de JEITO NENHUM. Eu não pude acreditar o quão estúpida Adelina foi naquela última luta. O que tem de errado com você, garota? Sério! Eu xinguei, chorei... Eu me recusei a acreditar o que ela tinha feito. Eu tive que ler essa parte umas três vezes antes que eu pudesse entender e aceitar o que aconteceu. Eu fico com raiva todas as vezes que penso nisso.
Esse é um dos problemas com ilusões: você pode acabar preso nelas, em sua própria armadilha e fazer o impensável. E, nesse caso, o IMPERDOÁVEL!
Amigos se tornarão inimigos, e Adelina terá que encontrar o próprio jeito de ter sua justiça e/ou vingança.

Vocês já leram Jovens de Elite? O que acharam? O livro vai ser publicado pela Rocco em breve, mas quem não quiser esperar mais pode comprar o e-book aqui.

My Favorite Quotes/ Citações Favoritas

"Some hates us, think us outlaws to hang at the gallows. Some fear us, think us demons to burn at the stake. Some worship us, think us children of the gods But all know us. ▬ Alguns nos odeiam, acham que somos bandidos e que devemos ser enforcados. Alguns nos temem, acham que somos demônios e que devemos ser queimados na estaca. Alguns nos veneram, acham que somos filhos dos deuses. Mas todos sabem quem somos"
"I am Adelina Amouteru. I belong to no one. On this night, I swear to you that I will rise above everything you've ever taught me. I will become a force that this world has never known, I will come into such power that none will dare hurt me again. ▬ Eu sou Adelina Amouteru. Eu não pertenço a ninguém. Nessa noite, eu te juro que vou me elevar acima de tudo que você já me ensinou. Eu me tornarei uma força que esse mundo jamais conheceu, eu vou ter tanto poder que ninguém ousará me machucar novamente."
"They think they can keep me out, but it does not matter how many locks they hang at the entrance. There is always another door. ▬ Eles pensam que podem me manter fora, mas não importa quantas fechaduras/trancas eles coloquem na entrada. Sempre tem outra porta."
"I know what it's like to grow up marked, Adelina. All of us understand what it it like to be abominations. ▬ Eu sei como é crescer marcado, Adelina. Todos nós entendemos como é ser uma abominação."
"You are not an abomination. You are not merely a malfetto. That is why they fear you. The gods gave us powers, Adelina, because we are born to rule. ▬ Você não é uma abominação. Você não é só um malfetto. É por causa disso que eles têm medo de você. Os deuses nos deram poderes, Adelina, porque nós nascemos para governar."
"Embelish your flaws. They will turn into your assets. And if you become one of us, I will teach you to wield them like an assassin wields a knife. So. Tell me, little wolf. Do you want to punish those who have wronged you? ▬ Embeleze suas falhas. Elas se tornarão suas armas. E se você se tornar uma de nós, eu vou te ensinar como manejá-las assim como um assassino maneja suas facas. Então. Me diga, pequena loba. Você quer punir aqueles que te fizeram sofrer?"
"There are four places where the spirits wander... the snow-covered Dark of Night, the forgotten paradise of Sobri Elan, the Glass Pillars of Dumon, and the human mind, that eternally mysterious realm where ghosts shall forever walk. ▬ Há quatro lugares onde os espíritos andam... a Escuridão da Noite coberta de neve, o paraíso esquecido de Sobri Elan, os Pilares de Vidro de Dumon, e a mente humana, esse lugar eternamente misterioso onde os fantasmas deverão para sempre habitar."
"Dark thoughts swin in the far corners of my mind. Something is alive in those whispers, clawing for my attention, beckoning me deeper into te shadows, and I am afraid to llisten to it. ▬ Pensamentos obscuros nadam nos cantos distantes da minha mente. Alguma coisa está viva nesses sussuros, brigando pela minha atenção, me chamando mais profundamente para as sombras, e eu estou com medo de dar ouvidos a eles."
"Something blackens your heart, something deep and bitter. It has festered inside you for years, nurtured and encouraged. I've never felt anything like it. ▬ Alguma coisa obscurece seu coração, alguma coisa profunda e rancorosa. Tem se inflamado dentro de você por anos, nutrido e encorajado. Eu nunca senti nada assim"
"You are an investment and a risk. In other words, you need to prove that you're worth it. ▬ Você é um investimento e um risco. Em outras palavras, você precisa provar que você vale a pena."
"No one wants you to be yourself. They want you to be the version of yourself that they like. ▬ Ninguém quer que você seja você mesmo. Eles querem que você seja a versão de você que eles gostam."
"Nothing is isolated. Do one thing, however small, and it will affect something else on the other side of the world. ▬ Nada é isolado. Faça uma coisa, por menor que seja, e isso vai afetar alguma outra coisa no outro lado do mundo."
"It is pointless to believe what you see, if you only see what you believe. ▬ Não tem sentido acreditar no que você ver, se você apenas ver o que você acredita."
"Fear creates the strongest illusions. Everyone has darkness inside them, however hidden. ▬ Medo cria as mais fortes ilusões. Todos têm escuridão/trevas dentro de si, mesmo que estejam escondidas."
"When the world was young, the gods and goddesses birthed the angels, Joy and Greed, Beauty and Empathy and Sorrow, Fear and Fury, sparks of humanity. To feel emotion, therefore, to be human, is to be a child of the gods. ▬ Quando o mundo era jovem, os deuses e deusas deram luz aos anjos, Alegria e Ganância, Beleza e Empatia e Tristeza, Medo e Fúria, centelha/partes da humanidade. Sentir emoções, portanto, ser humano, é ser um filho dos deuses.
"To love is to be afraid. You are frightened, deathly terrified, that something will happen to those you love. Think of the possibilities. Does your heart clench with each thought? That, my friend, is love. And love enslaves us all, for you cannot have love without fear. ▬ Amar é ter medo. Você está assustado, mortalmente assustado, que algo possa acontecer a aqueles que você ama. Pense nas possibilidades. O seu coração aperta com cada pensamento? Isso, meu amigo, é amor. E o amor escraviza a nós todos, porque você não pode amar sem temer."
"You have goodness in your heart. But your darkness overwhelms it all; your desire to hurt, destroy, and avenge is more powerful than your desire to love, help, and light the way. ▬ Você tem bondade em seu coração. Mas essa sua escuridão toma conta de tudo; seu desejo de machucar, destruir, e de vingança é mais poderoso que seu desejo de amar, ajudar, e iluminar o caminho."
"No one ever gives me their kindness without hoping for something in echange. ▬ Ninguém nunca me dá sua bondade sem esperar alguma coisa em troca."

                          Rate/ Classificação: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário